Senador Randolfe e Ministério Público traçam ações em defesa das vítimas da Anglo

Vítimas esquecidas

“Eles não sabem como a gente tem vivido”, é o que contam as viúvas e familiares dos seis empregados da Anglo mortos no acidente do Porto de Santana, em 2013. Ontem (15), o senador Randolfe (Rede-AP) reuniu com a promotora de meio ambiente do Ministério Público Estadual, Ivana Cei, o advogado das vítimas Mário Gonçalves, alguns familiares e em seguida foi atendido pelo procurador de justiça Joaquim Cabral.

“Vamos tomar una série de medidas, cada um na sua esfera, para garantir o pagamento das indenizações e o ressarcimento público. “Vou levar relatório ao embaixador britânico para buscar intervenção junto a empresa”, disse o senador que ainda pretender fazer um pronunciamento sobre o caso no Senado Federal.

Os fatos do acidente da Anglo American

Desde março de 2013 até hoje, quase cinco anos depois, as famílias dos seis operários continuam sem resposta. O senador chegou a ir à Londres cobrar uma posição da empresa. A justiça já determinou o bloqueio de R$100 milhões dos cofres da empresa. As famílias pedem celeridade, tendo em vista que os prazos estão acabando. “Logo vamos ficar sem plano de saúde para o atendimento dos nossos filhos”, explicou uma das viúvas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *