Senadores da Frente de combate à corrupção reúnem-se na OAB nesta segunda-feira

O Senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e os demais senadores que integram a “Frente Contra a Corrupção e a Impunidade” participam de uma reunião nesta segunda-feira (05) – 18h30min-na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Brasília.

A reunião contará com a presença de representantes das entidades que lideraram a campanha pela aprovação da Lei da Ficha Limpa. Entre elas a OAB, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Associação Nacional de Imprensa (ABI) e o Movimento Contra a Corrupção Eleitoral (MCCE). A intenção dos parlamentares é contar com o apoio dessas organizações para mobilizar a sociedade, fazendo com que a população brasileira assuma a luta contra a corrupção.

“Para que o combate à corrupção seja uma bandeira única, precisamos ampliar essa luta para a sociedade. O povo tem que estar mobilizado e apoiando, de onde quer que venha a medida. Com essa Frente queremos ampliar nossos canais de  diálogo com a população, sabendo que existem muitas medidas importantes no combate à corrupção e a impunidade”, enfatiza Randolfe.

A Frente suprapartidária foi criada em agosto desse ano, como uma proposta dos senadores em apoio as medidas da presidenta Dilma que signifiquem uma limpeza ética no governo.

Integram o Grupo, além de Randolfe, os senadores Pedro Taques (PDT-MT), Cristovam Buarque (PDT-MT), Pedro Simon (PMDB-RS), Ana Amélia Lemos (PP-RS), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Eduardo Suplicy (PT-SP), Cyro Miranda (PSDB-GO), e Jorge Viana (PT-AC)

Serviço

Reunião da Frente de combate à corrupção e a impunidade na OAB

Data: 05/09/2011

Horário: 18h30min

Local: Sede da OAB (Setor de Autarquias Sul – Quadra 5 – Lote 1 – Bloco M – Brasília – DF)

 

 

  • Hoje os senhores são poucos e não será fácil a luta contra a maioria do senadores e deputados que estão preocupados apenas com seus bolsos. Mas a ajuda de Deus suas vozes farão a diferença no futuro.

  • O LUPI é o verdadeiro Rolando Lero, da Presidenta DILMA. Mas não é só o Lupi, no Ministério do Trabalho, o Procurador Geral Dr. JERÔNIMO JESUS DOS SANTOS, mandava quem procurava o Ministério para Registrar uma entidade, procurar o presidente do CODEFAT, o senhor LUIGI NESE, para acertar.
    CORRUPÇÃO DESCARADA, isso tem que acabar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *