Bancada do Amapá se reúne e define prioridades para os próximos dois anos

Na manhã de hoje (14), o senador Randolfe Rodrigues (REDE –AP) juntamente com a bancada federal do Amapá estiveram em reunião com o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (REDE – AP), para elaborar e definir as prioridades para o desenvolvimento do estado. Na ocasião, Randolfe propôs ampliar a validade da Área de Livre Comércio de Macapá e Santana; aperfeiçoar os projetos que tratam da Zona Franca Verde; e aprovar o Projeto de Lei 468/2018 que equipara a tabela do SUS.

Juntos, os parlamentares elaboraram a “Carta Brasília para o Desenvolvimento do Amapá”, um dinâmico plano de atividades prioritárias que será entregue ao Governo do estado. Nela, estão os quinze compromissos públicos que a bancada do Amapá assume como ações prioritárias para os próximos dois anos.

As prioridades definidas pelos parlamentares foram: a pavimentação da BR – 156; conclusão das obras e aquisição de equipamentos para o Hospital Universitário; Conclusão da Via Norte Sul; elaboração dos estudos e projetos para a pavimentação no trecho entre os municípios de Porto Grande e Serra do Navio; garantir a Transposição dos servidores contemplados pelas EC78 e EC98; aperfeiçoamento da Zona Franca Verde de Macapá e Santana; a construção do Centro de Convenções; construção do terminal hidroviário de Santana; modernização e ampliação das instalações do Porto de Santana; construção do novo Hospital de Emergências; saneamento básico e urbanização dos municípios; avançar na consolidação dos acordos transfronteiriços entre Brasil e França; apoio à ampliação e estruturação do campus do IFAP no Amapá; apoio a expansão e modernização das escolas estaduais, municipais e Universidade Estadual do Amapá, especialmente para a construção do novo Campus, bem como a UNIFAP; conclusão da ponte sobre o rio Jari e reforçar o programa Minha Casa Minha Vida para novas habitações no Amapá.

Para Randolfe, as pautas debatidas são de extrema importância e serão fundamentais para o desenvolvimento do estado: “Temos gargalos centrais para resolver problemas estruturantes para o Amapá. Um deles é a BR-156 que é a coluna vertebral do estado porque une o Amapá à Guiana Francesa. O mesmo ocorre com a Perimetral Norte que dá acesso ao centro-oeste do Amapá à região do Amapari. A estruturação da Universidade Federal também está em nossas prioridades, assim como a conclusão das obras do Hospital Universitário. A ampliação da Zona Franca Verde; a prorrogação da Área de Livre Comércio de Macapá e Santana; e a equiparação da tabela do SUS, projeto de minha autoria também, são nossos temas prioritários que precisam de ações legislativas e que o presidente Davi se comprometeu em agilizar.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *