Randolfe Rodrigues defende ampliação da intervenção Estado na economia para afastar os EUA da crise

Da Agência Senado: O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) fez um alerta em Plenário, nesta segunda-feira (1º), para o risco de agravamento da crise econômica mundial, caso o banco central dos Estados Unidos – o Federal Reserve – adote medidas de contração fiscal, reduzindo os gastos governamentais.

Concordando com ponto de vista do economista Paul Krugman, expresso em artigos publicados pelo jornal The New York Times, Randolfe Rodrigues observou que a melhor saída para a presente crise econômica, é exatamente o oposto do arrocho fiscal proposto pelos setores mais à direita do Partido Republicanos.

– [A solução] é ampliar a intervenção econômica do Estado, é ampliar os gastos na economia para salvar o país da crise. O caminho que está sendo escolhido tende ao aprofundamento da crise econômica com dramáticos reflexos na economia mundial e dramáticos reflexos para nós, aqui no Brasil – disse.

Com relação à economia brasileira, Randolfe Rodrigues considerou fundamental que o governo federal reveja o atual modelo da política econômica, baseado na obtenção de elevados superávits primários, no estabelecimento de metas de inflação e na manutenção de altas taxas de juros.

Segundo ele, o modelo econômico brasileiro está levando a desindustrialização do país, e o transformará em “mero exportador de matérias-primas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *